17 Setembro Por: Magda Oliveira

Após liminar da Justiça, Governo de RO diz que vai enviar remédios a hospitais de Cacoal de forma gradual

Liminar determinou que Governo de Rondônia adquira medicamentos para pacientes com Covid-19. Sesau afirma que remédios não estão em falta.

 

Foto da notícia
Leitos de UTI no Heuro de Cacoal — Foto: Governo de RO/Divulgação
 
A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou que o Governo de Rondônia vai abastecer de forma gradual os Hospitais Regional e de Emergência e Urgência (Heuro) de Cacoal (RO), com medicamentos para os pacientes tratados com Covid-19.
 
A decisão obedece ao Ministério Público de Rondônia (MP-RO) que no dia 4 de setembro, por meio da Promotoria de Justiça, obteve liminar determinando ao estado que adquirisse, no prazo máximo de 10 dias, medicamentos para tratamento do novo coronavírus.
 
Conforme a Sesau, o abastecimento gradual acontecerá devido a dificuldade de comprar os medicamentos listados pelo MP-RO.
 
Ainda de acordo com a pasta, o secretário adjunto esteve em Cacoal na última semana, juntamente com a equipe técnica da Sesau e o diretor clínico do Hospital de Campanha para falar com os médicos da cidade.
 
"Nenhum desses medicamentos estão em falta. Os que não têm na lista apresentada pela liminar, tem um substituto, sendo possível compor a dose compatível. Como a dificuldade desse medicamento de obtenção é nacional não estamos conseguindo ter em estoque grandes quantidades", declarou a Sesau em nota.
 
Covid-19 em Cacoal
 
O último boletim sobre o novo coronavírus, divulgado na quarta-feira (16) pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Sesau, aponta que Cacoal tem 2.069 casos confirmados de Covid-19 e 30 mortes.
 
Fonte: G1