22 Agosto Por: Giliane Perin Atualizado em 17h17min

Clínica/Escola de Nutrição da Unesc oferece atendimento e acompanhamento nutricional à comunidade

 

Foto da notícia
 
De segunda à sexta-feira, nos períodos vespertino e noturno, acadêmicos de Nutrição da Unesc tem a oportunidade de colocar em prática todo o conteúdo aprendido em sala de aula.
 
A Clínica/Escola de Nutrição, além de oportunizar essa experiência aos acadêmicos, é um compromisso social da Unesc junto à sociedade, ao oferecer assistência nutricional a qualquer cidadão que necessite deste tipo de atendimento e acompanhamento.

A Clínica/Escola segue uma ordem de prioridade para a oferta deste serviço que, a princípio, seriam pessoas que apresentam doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, pacientes idosos, gestantes, pessoas com sobrepeso.

“Priorizamos casos onde a Dietoterapia é fundamental, onde se busca a saúde, através de uma alimentação adequada. E os relatos são sempre muito positivos. A partir do momento em que a pessoa começa a entender que a dieta exerce um poder importantíssimo para o controle de glicemia, controle da gordura e do peso corporal, as pessoas aderem a uma alimentação saudável”, destaca o coordenador do curso de Nutrição da Unesc, Gustavo Monteiro.

Conforme explicou o professor Gustavo, para atuar na Clínica/Escola, o aluno começa a acompanhar e realizar as consultas a partir do desenvolvimento de algumas competências, como por exemplo, a Avaliação Nutricional e a Dietoterapia, que são disciplinas fundamentais para que ele possa contribuir com as intervenções que acontecem.

Desde o 4º período, a acadêmica Heliane Formágio, que hoje curso o 8º de Nutrição na Unesc, tem vivenciado e acumulado experiências na Clínica/Escola. Para ela, cada atendimento realizado faz parte da sua formação.
 
“Este momento prático é muito importante para nós acadêmicos e futuros profissionais. Desde o 4º período estamos tendo momentos como estes, de colocar em prática a teoria que aprendemos em sala de aula. Isso nos permite ter um contato com o paciente, que é algo muito real na carreira de um nutricionista. A gente sabe que por vezes, a pessoa não consegue ter acesso a este tipo de serviço e a faculdade disponibiliza esse atendimento para que a comunidade possa buscar esta assistência e para que nós acadêmicos tenhamos uma formação mais sólida”, enfatiza.

O jovem Patrick Severo, de 23 anos, teve hoje nesta terça-feira (20) sua primeira consulta de Clínica/Escola de Nutrição da Unesc. Para ele, a experiência foi incrível, o que só o motiva ainda mais a buscar uma melhor qualidade de vida.

“Eu já faço um acompanhamento psicológico na Clínica/Escola de Psicologia e a partir daí conheci o tratamento nutricional que também é oferecido aqui na Unesc. Hoje foi o primeiro atendimento e eu só tenho a dizer que foi o melhor possível. Desde a recepção, os atendentes muito simpáticos, a acadêmica que me atendeu foi bastante atenciosa, então estou gostando bastante. Ter um acompanhamento nutricional, vai me ajudar a garantir uma melhor qualidade de vida, além de fazer com que eu me sinta bem comigo mesmo”.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa/Unesc