21 Maio

Campanha de vacinação contra gripe tem 72% da meta atingida em Cacoal, RO

Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) começou a fazer ações de busca ativa. Meta de Cacoal é vacinar cerca de 22 mil pessoas correspondentes ao público-alvo até o fim de maio.

 

Foto da notícia
Campanha de vacinação contra gripe atinge 72% da meta — Foto: Reprodução/Rede Amazônica
 
Termina no dia 31 de maio a campanha nacional de vacinação contra a gripe e em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho.
 
Até esta terça-feira (21), 72% da meta correspondente ao público-alvo foi atingida.
 
Entre os grupos que não atingiram a meta de imunização estão os profissionais da saúde, e para aumentar a cobertura vacinal, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) começou a fazer ações de busca ativa.

Sara Couto, coordena a equipe de enfermeiros de um hospital particular do município.
 
Para ela, a equipe de vacinadores facilita a adesão dos profissionais, já que muitas vezes devido a rotina de trabalho eles acabam esquecendo de procurar uma posto de saúde para se imunizar.

“A vinda desses vacinadores facilita manter os colaboradores imunizados, manter as carteiras de vacinação atualizadas. Nós cobramos isso dos profissionais, pois a vacinação é um dos meios mais seguros para nos manter protegidos, tendo em vista que nós profissionais da saúde estamos suscetíveis a várias doenças”, destacou Sara.

O enfermeiro Lucas Resende também recebeu a dose da vacina. Ele diz que com a vacinação se sente mais seguro.

“Já tomo essa vacina há alguns anos, acho muito importante, pois como profissional tenho um contato direto com pacientes que têm o vírus, portanto precisamos nos proteger”, disse Resende.

De acordo com a coordenadora de imunização de Cacoal, Graciele Dias Brunel, para facilitar a vacinação dos profissionais de saúde, a Semusa disponibilizou uma equipe para ir até os hospitais particulares e públicos.

“A campanha já está terminando e percebemos que a vacinação do grupo prioritário correspondente aos profissionais de saúde ainda estava muito baixa, então fizemos uma busca ativa, vindo nos hospitais, para conseguirmos imunizar esse grupo”, destacou Graciele.

O grupo das crianças também está com o percentual de cobertura bem abaixo do esperado, apenas 60%.
 
Para também melhorar esse índice, o setor de saúde deve levar as doses da vacina até as creches.

“Em todo o estado temos o registro de 33 casos suspeitos de gripes graves em crianças. Então, para melhorar essa cobertura, também faremos o trabalho de busca ativa nas creches para atingir um número maior de crianças vacinadas”, afirmou a coordenadora.

A campanha contra a gripe termina no dia 31 de maio, até lá o município espera imunizar mais de 22 mil pessoas. A vacina está disponível nas Unidades Básicas de Saúde e também no ambulatório especializado.
 
 
Fonte: G1