21 Agosto Por: Tudo Rondônia Atualizado em 22h07min

Professora Suruí, de Rondônia, conquista o maior e mais importante prêmio da educação básica brasileira

Elisângela Dell-Armelina Surui, da E.I.E.E.F.M. Sertanista Francisco Meireles, em Cacoal, está na disputa

 

Foto da notícia
Professora Elisângela Dell-Armelina Suruí

A revista Veja  desta semana destacou, em anúncio de duas páginas, os 10 professores vencedores da 20ª edição do Prêmio Educador Nota 10, o maior e mais importante prêmio da educação básica brasileira.

Para orgulho de Rondônia, a professora Elisângela Dell-Armelina Suruí, da etnia indígena Suruí, de Cacoal, está entre  os dez vencedores do prêmio na área de alfabetização fundamental I. Ela é da Escola Indígena  Sertanista Francisco Meireles, de Cacoal-Rondõnia.  

O prêmio é realizado pela Fundação Victor Civita em parceria com a Fundação Roberto Marinho.

Segundo a Fundação Victor Civicta, “Os alunos da classe multiseriada de 1º a 5º ano de Elisângela falam Paiter Suruí, mas tinham tanta dificuldade para escrever nesse idioma quanto para entender os materiais didáticos em língua portuguesa. Por isso, ela preparou junto com eles um caderno de atividades de escrita e leitura na língua materna, estabelecendo relações com a língua portuguesa e com a de sinais, já que existem muitos surdos entre o Povo Paiter. Considerando sua turma multisseriada, ela organizou o projeto para que todos pudessem trabalhar de acordo com seus saberes, potencializando as possibilidades dos alunos mais velhos e dando espaço para a ação dos mais novos”.

Fonte: Tudo Rondônia