11 Maio Por: Claudinei Sorce

Acadêmica de farmácia é assaltada e estuprada em Cacoal

O estuprador usou uma arma de fogo e uma faca para ameaçar a vítima

 

Foto da notícia

Acadêmica de farmácia é assaltada e estuprada em Cacoal, O estuprador usou uma arma de fogo e uma faca para ameaçar a vítima

Uma acadêmica de 26 anos foi abordada por um homem moreno, com uma tatuagem no braço esquerdo, ele é baixo, cabelo castanho, crespo e curto, trajava calça jeans, chinelo e uma camiseta de cor escura.

Conforme declaração da vítima ela estava chegando à faculdade no bairro Jardim Clodoaldo, por volta das 21h00 da última quarta-feira (10), quando foi rendida.

O criminoso de arma em punho possivelmente um revólver, colocou a arma na cabeça da mulher e anunciou o roubo.

Ele teria dito, ”Perdeu, perdeu, não olhe para trás, desce da moto”, roubando o celular Moto G3 branco da acadêmica.

Como não conseguiu funcionar a moto, exigiu que a mulher ligasse o veículo e sentou na garupa.

O tarado também estava armado com uma faca grande de cozinha, e ameaçava a vítima, e dizia que não iria machucá-la, que ela podia ficar sossegada, o criminoso estava muito nervoso.

Após rodar por várias ruas da cidade, chegou a ir até o distrito do Riozinho, a 10 km de Cacoal.

Parou em frente uma residência, conversou com algumas pessoas, e retornou a Cacoal.

Já nas proximidades da unidade dois da faculdade, no bairro Picheck, ordenou que a acadêmica descesse da moto e começou a abusar da vítima, passando as mãos pelo seu corpo, tirando suas roupas cometendo o estupro.

Depois do estupro o tarado formatou o celular da vítima e devolveu o chip e a moto para ela, fugindo em seguida.

O estupro foi registrado e será investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à mulher.

Fonte: Tribuna Popular